Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Contracorrente

Reflexão num minuto (2)

Wolfgang Munchau: Os brutais credores da Grécia têm arrasado o projeto da zona euro

Em breve estaremos a perguntar a nós mesmos se esta nova zona euro, em que os fortes intimidam os fracos, poderá ser sustentável. Anteriormente, o argumento mais forte contra quaisquer previsões de rompimento era o forte empenho político de todos os seus membros. Se perguntarmos aos italianos porque estão na zona euro, serão poucos os que apontam os benefícios económicos. Eles queriam fazer parte do projeto mais ambicioso de integração europeia até agora levado a cabo. (...)

Se despojarmos a zona euro de quaisquer ambições de uma união política e económica, esta transforma-se num projeto utilitário no qual os Estados membros irão pesar friamente os benefícios e os custos, tal como a Grã-Bretanha está atualmente a avaliar as vantagens ou desvantagens relativas da adesão à UE. Num tal sistema, alguém, em algum lugar, vai querer sair algum dia. E o forte empenho político para o evitar também já lá não vai estar.